Em Breve Novidades!!

sexta-feira, fevereiro 20, 2009

CARNAVAL 2009 - ASSIM NASCEU O TRIO ELETRICO!!



Estamos em fevereiro de 2009 carnaval muito samba enredo, frevo, axé music e trio elétrico. Então vamos fazer uma viagem através do tempo com o Túnel Do Tempo Music e vê como surgiu o trio elétrico o axé music e a sua evolução. Então Vamos Lá.
1942 – Nasce a pau elétrico, DODÔ E OSMAR foram ao antigo cine Guarany assistir a uma apresentação do violonista Benedito Chaves, que se apresentou com um violão elétrico, só que o instrumento apresentava muita microfonia, tendo que parar a apresentação varias vezes para mudar a caixa amplificada de posição, DODÔ por conhecer de eletrônica achou que poderia resolver o problema, ele pegou um pedaço de pau estendeu uma corda e colocou um captador embaixo, aí estava resolvido o problema e nascia o pai da guitarra baiana, o pau elétrico.
1949 – O carnaval era dividido em dois, os blocos dos menos favorecidos , Filhos de Ghandy, Vai levando e deixa a vida de quelé, já a classe mais favorecida brincavam nos clubes tipo,Fantoches, Iate, Espanhol, Associação Atlética, Sirio-libanes e outros.
1950 – Apresentou-se em Salvador o grupo de frevo Vassourinha, que encantou DODÔ E OSMAR, aí tiveram a idéia de pegar um picape velha Ford T 1929,colocaram duas cornetas uma na frente e outra no fundo e a dupla tocando dois paus elétricos, atrás vinha um grupo de músicos tocando surdo, bumbo,caixa, pandeiro e prato, e na lateral uma faixa inscrito DUPLA ELÉTRICO.


SEU OSMAR

1951 – Abordo de uma picape chrysrler modelo fargo com 04 cornetas e um gerador a gasolina DODÔ E OSMAR convidaram o amigo Temistocles Aragão para tocar um terceiro instrumento, passando a chamar-se de TRIO ELÉTRICO,só que não deu certo porque o som embolava.
1952 – A fóbica saiu sem Temistocles Aragão, mais o nome ficou.
1956 – Nasce o bloco os fantasmas com Rubinho dos Carnavais (internacionais) Hamilton (corujas) este bloco só participava de festas de bairros de surpresa, daí o nome.
1957 – ORLANDO CAMPOS era presidente do clube flamenguinho e tomou um toco de uma trio elétrico contratado para animar os sócios então resolveu fazer um trio.
1958 – Nasce o trio Elétrico tapajós, feito com uma carroceria que DODÔ E OSMAR vendem a ORLANADO.
1960 – O bloco Fantasma sai no carnaval pela primeira vez.1960 – DODÔ E OSMAR param de fazer trios e foi ORLANDO CAMPOS o responsável pela expansão do trio na década de 60 e 70 no Brasil.
1961 – Nasce os Internacionais após um viagem que Rubinho amigos fizeram a Argentina e ao Uruguai, e ficaram conhecido com este nome.
1964 – Hamiltom e amigos fundam o Corujas e na sequencia vem o Jacú , Barão e outros mais, não existia a fila e quem chegasse primeiro desfilava.
1972 – Nasce a Caetanave, uma homenagem de ORLANDO CAMPOS A CAETANO VELOSO que voltava do exílio, o TRIO TAPAJÓS foi o primeiro a gravar um LP e tocar em programas de TV e no exterior.



TRIO ELETRICO PATURY SALVADOR
O PRIMEIRO TRIO ELETRICO DE SERGIPE
TRIO ELETRICO TAPAJÓS


1974 – O TRIO DODÔ E OSMAR volta a pedido dos filhos.
1975 – 25 anos de Trio Elétrico, Betinho Macedo inova colocando baixo e Aroldo bateria,e pela primeira vez a voz foi usada, na mesma epoca os Novos Baianos inovam colocando caixas de som e obtendo um som com alta qualidade para a época.
1975 - Surge o primeiro cantor de Trio Elétrico MORAES MOREIRA, e canta o primeiro axé POMBO CORREIO.
1978 – Surgem grandes cantores de axé, Jota Morbeck( tapajós, banda Eva, novos bárbaros e gaiola mágica), Geronimo, Virgilio, Laurinha, Luiz Caldas, Lui Muritiba, Norberto,Zé Honorio,Ademar, Guigio(cheiro) Shampoo, Bandas Made-In Bahia, Scorpions (chiclete) alguns passaram pelo trio tapajós que na época tinha 05 trios e animava todas as micaretas da Bahia.
1980 – Wilson Marques( chiclete) revoluciona colocando equipamentos transistorizados que progetavam a voz e os instrumentos a uma maior distancia no Trio Trás os Montes, e dá uma salto de 20 anos a frente de todos.


1981 – O TRIO TAPAJÓS comemora 25 anos tendo como cantores Luiz Caldas e Jota Morbeck e lança o LP Jubileu de Prata e ganha todos os prêmios na época.
1982 – Nasce a Banda Chiclete com Banana, um divisor de águas, e lança o LP energia, emplacando um sucesso atrás do outro.
1983 1984 – Lui Muriba (pai de Amanda ex Timbalada) apresenta-se no clube do bolinha cantando vôo rasante.
1986 – Luiz Caldas após um passagem pelo bloco BEIJO lança o LP MAGIA que revoluciona a musica feita na Bahia,e vende em pouco tem 130mil copias só na Bahia, e no Brasil mais de 500mil.
1986 - A musica baiana muda de nome e vira axé music, apartir daí sugem fenômenos como, Cheiro de Amor, Sarajane,Chiclete, Luiz Caldas,Ricardo Chaves, Olodum, Araketu, Reflexo, Banda Beijo,Asa de Aguia, Daniela Mercury,Timbalada, Margareth Meneses, Zé paulo, Banda Mel,Laranja Mecânica,É O Tchan, Terra Samba, Ivete Sangalo, Babado Novo, uma infinidade de talentos .
1988 – Foi criada o (ABTN) para profissionalizar o carnaval, organizando a saída pelo tempo de fundação.1988 – O Inter abre para mulheres.
1988 – Nasce para o Brasil a rainha do axé Daniela Mercury, e revoluciona o Axé Music, forçando a todas as bandas, blocos e produtoras a profissionalizar-se .
1988 /1996 O axé domina a sena musical brasileira, com bandas e cantores batendo recordes de venda,Daniela foi o primeiro artista da axé a ultrapassar 1 milhão de copias, depois vieram, Cheiro, Chiclete,Netinho, Eva,Babado, É O Tchan, Ivete Sangalo e outros mais.


1997/ 1998 – Surge o GERASAMBA - É O TCHAN, que mais uma vez coloca a musica baiana no topo, em toda a sua tragetoria vendeu mais de 13 milhões de discos.
1999 – As micaretas tomam conta do Brasil, São Paulo, Ceara, Piauí, Maranhão, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Goiás, Brasília, Minas, Sergipe, Natal, Alagoas, Pernambuco, Pará, Tocantins, todo o Brasil e alguns países da Europa e ate Miami.
2000 /2008 – O Axé Music firma-se como um ritmo e não como um modismo e surge mais uma forma de negocio rendoso, gerando milhares de empregos durante todo o ano, o Axé Music hoje movimenta milhões de reais em todo Brasil durante todo ano, é a musica mais rendosa do país.
2009 – 67 anos do pau elétrico, 59 anos do trio elétrico Dodô e Osmar, 51 anos do Trio Tapajós, 48 anos do Bloco Inter, 34 do primeiro Cantor de Trio,27 anos de Chiclete com Banana, 23 anos do primeiro Lp de Luiz Caldas, Magia.




Um comentário:

Anônimo disse...

Trio Patury e de Feira de Santana-Ba